TENDA MARIA JOSÉ ROSSI




Tenda de Educação Popular em Saúde Maria José Rossi

Este ano, o 68º Congresso Brasileiro de Enfermagem, realiza-se em Brasília. É esta uma edição especial do evento, pelo momento importante da história da enfermagem brasileira, no qual celebramos 90 anos de construção da Associação Brasileira de Enfermagem (ABEn), tempo em que buscamos fortalecer nossos passos profissionais, nossos ideais, sonhos e utopias. No espaço da Tenda de Educação Popular em Saúde, que ocorre durante o Congresso, faremos homenagem à Enfermeira Maria José Rossi, personalidade viva da enfermagem brasileira.
Maria José, além de sua reconhecida caminhada profissional e política, com destaque na docência na Universidade de Brasília, foi a 1ª Presidente da ABEn a representar o Movimento Participação, na diretoria eleita em 1986. O Participação protagonizou o processo de conquista do direito à saúde materializado pela formulação e implementação do Sistema Único de Saúde (SUS) e serviu de espaço de organização das enfermeiras e enfermeiros que lutavam desde a década de 70 pela democratização da sociedade brasileira, então violentada pela ditadura militar.
A eleição da primeira Presidente Negra da ABEn Nacional simbolizou e simboliza um divisor de águas na história de nossa organização política, social e científica. Pois, neste período foi reconstruído o papel e a ação da Entidade, aproximando-a dos seus associados (as) e dos demais espaços de organização do movimento sanitário e da educação. Assim como, a concepção de que o nosso agir intelectual, que nossa construção cientifica e organizativa, tem que seguir a premissa de que o saber se constrói a partir do cotidiano dos nossos cenários de prática.
Homenagear Maria José Rossi, no espaço de educação popular do congresso, é exercitar o que, no dizer de Paulo Freire, significa o verbo “esperançar”, pois é ela exemplo e inspiração para as lutas as quais queremos dar continuidade. A Tenda Maria José Rossi é um convite a fortalecermos e somarmos energias para atendermos a demanda histórica, colocada a cada um e uma de nós cuidadores da saúde, de nos mobilizarmos para superar esse momento em que novamente nos vemos desafiados (as) a defender o Estado de Direto, em especial o direito à saúde e o da classe trabalhadora; resistindo e barrando o processo retrógrado e conservador que marca a cena política e social do Brasil.
As Tenda de Educação Popular em Saúde (EPS), costumeiramente chamadas Tendas Paulo Freire têm se configurado em um espaço de diálogo e troca de experiências referenciadas na Educação Popular em Saúde (EPS). Formuladas pelos coletivos e movimentos de EPS, tem o objetivo de questionar e transformar as relações ainda bastante hierarquizadas na área da saúde, seja no espaço do cuidado, seja no espaços da produção do conhecimento, como os próprios eventos onde elas acontecem. Assim, inserem sujeitos, nem sempre “autorizados” a protagonizar a cena da construção do saber científico na saúde, como os integrantes dos movimentos sociais populares, cuidadores populares, artistas populares e educadores.
A metodologia empregada busca garantir ambiente propício para a liberdade de expressão, diálogo entre saberes populares e ténico científicos, contemplando além do bom debate, a diversidade de expressões da arte popular, culturais e espaço de vivências.
As Tendas em nossos Congressos tem se constituído enquanto lugar de afeto, cuidado, troca de saberes e experiências, problematização crítica, construção compartilhada, denúncia e anúncio daquilo que nos indigna no presente e espaço daquilo que desejamos para nosso futuro.
Venha fazer parte desta roda conosco! Vamos pensar e agir juntos sobre a realidade do SUS, da Enfermagem e de nossa Democracia?
Registramos também, nossa grata satisfação em podermos acolher a cada um e uma de vocês participantes do 68º CBEn, não só com a referência a esta mulher de destaque, como também, proporcionando-lhes a convivência de um jeito alegre, corajoso e permeado pelo espírito democrático.
Sejam bem vindos (as) à Tenda Maria José Rossi!!!

27/10/2016 – QUINTA-FEIRA
Atividade
14hVivência em Práticas Integrativas e Complementares: “Automassagem”
14h30Roda de Conversa: "Porque a luta da enfermagem é a luta das mulheres"
16h30Oficina: “Escalda pés e compressas / Plantas medicinais e Fitoterapia”
17h30Apresentação Artística: “Batucadeiros”
19 às 21h Cerimônia Solene de Abertura do 68o Congresso Brasileiro de Enfermagem
1) Homenagens nos 90 anos da ABEn
2) Apresentação Cultural
Salão Master do Centro de Convenções


28/10/2016 – SEXTA-FEIRA
Atividade
14hVivência em Práticas Integrativas e Complementares: “Dança circular”
14h30Roda de Conversa: “O cuidado para a Cidadania e a cidadania para o cuidado”
16h30Oficina: “Paranoarte – tapete amarradinho”
17h30Apresentação Artística


29/10/2016 – SÁbado
Atividade
8hVivência em Práticas Integrativas e Complementares: “Hatha Yoga” - parceiros SES/DF
9hRoda de Conversa: “Desafios da formação em enfermagem no dialogo com a diversidade de saberes”
11h30Roda de Conversa: “Pedagogia do cuidado libertador”
12h30Apresentação Artística: “Grupo musical do Instituto de Saúde Mental”
14hVivência em Práticas Integrativas e Complementares: “Chi Gong”
14h30Roda de Conversa: “As contribuições da enfermagem para a democracia no Brasil”
16h30Roda de Conversa: “A reinvenção da enfermagem em 90 anos de história de formação”
17h30Oficina: “Picasso não pixava”


30/10/2016 – Domingo
Atividade
8hVivência em Práticas Integrativas e Complementares: “Lian Gong” - parceiros SES/DF
8h30Roda de Conversa: “A enfermagem na educação popular para a defesa do SUS”
10h30Apresentação Artística: “Discentes ESCS”
11h30Encerramento da Tenda







Realização                                                  Organização                                                  Patrocínio                                                  Apoio